Web Rádio PCN - Em Arcos, ainda se trabalha para oferecer mais conforto e estímulo aos ciclistas

Em Arcos, ainda se trabalha para oferecer mais conforto e estímulo aos ciclistas

Da redação da Rádio PCN


Nessa semana que passou, foram divulgadas várias matérias referentes à Semana do Meio Ambiente, e dentre elas uma que evidenciou as cidades ‘amigas da bicicleta’. Trata-se de planejamento e destinação de recursos para incentivar o uso deste meio de transporte, além de oferecer à população — ciclistas, pedestres e motoristas — infraestrutura e informação sobre o tema. Redigida pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), a matéria trouxe exemplos de localidades que conseguiram implementar uma cultura ciclística e, dessa forma, melhoraram a mobilidade urbana de uma forma geral.

Em todas as regiões do Brasil, e nas mais diversas condições sociais, a bicicleta está presente como meio de transporte. Cidade amazônica a 320 quilômetros de Belém, Afuá, no Pará, tem apenas uma maneira de locomoção por transporte público: a bicitáxi. O veículo não motorizado é construído por meio da junção de duas bicicletas. Por lá, apenas as bikes têm vez, pois toda a cidade foi construída em palafitas. A medida é necessária porque o município está localizado em região de várzea e precisa estar suspensa para se proteger dos períodos de cheia. Veja mais exemplos de cidades que incentivam o uso da bicicleta pelo link: https://www.cnm.org.br/comunicacao/noticias/semana-do-meio-ambiente-conheca-municipios-que-sao-amigos-da-bicicleta   .

A cidade de Arcos

No momento (junho de 2019), em Arcos, há duas ações que podem vir a melhorar e muito a vida dos ciclistas. Uma é o canteiro de obras na Avenida Sanitária, trecho 01, que contempla a revitalização e proteção do canal do esgotamento sanitário e também da ciclo-faixa. Ciclo-faixa esta que sofreu por muitos anos com a falta de investimentos, e sempre foi desrespeitada pelo estacionamento de veículos automotores, fazendo com que as bicicletas trafegassem na pista de rolamento em meio aos outros carros e motos.

Outra ação importante que, acredita-se que trará melhorias não só para o fluxo de bicicletas, como para veículos em geral e pedestres – é a municipalização do trânsito - em fase de implantação.

Poluição do ar

As emissões dos transportes são uma das que mais causam impactos na qualidade do ar. A malha rodoviária é responsável por 90% das emissões de gases poluentes e de gás carbônico do setor de transporte, de acordo com segundo Inventário Nacional de Emissões Atmosféricas por Veículos Automotores Rodoviários.  Dos combustíveis, o diesel, usado principalmente em ônibus e caminhões, é o mais agressivo

Em 2019, a Organização das Nações Unidas (ONU) escolheu a poluição do ar como tema para conscientização. E por isso que tanto se prega o uso das bicicletas como meio de locomoção.